Crise? Cai dentro mermão!

Jan 19, 2018 By Camarguinho e Paloma About Marketing

Vocês viram que o Neymar e a Bruna Marquezine voltaram? Pois é, até o casal do hexa passa por crises. E o Bonner e a Fátima, lembra? Quem diria né?

Todo mundo passa por alguma crise, seja financeira, existencial, ou de relacionamento, que é a mais comum. Todo relacionamento passa por tretinhas, desde casamentos, namoros, até entre pais e filhos, como já dizia aquela musica chata do Renato Russo, ou vai dizer que nunca tomou uns puxões de orelha da mamãe?

Não vale mentir!

Se até a sua relação com o seu dog já foi estremecida por um xixizinho no tapete, por que você nunca pensou em crise de relacionamento entre marca e consumidor?

 

Acontece gente, super normal, pode acreditar! Toda marca passa por crises e se a sua ainda não passou fica esperto porque uma hora vai chegar, e se você não estiver preparado pode ser do tipo Bonner e Fátima, fatal!

Por isso a nossa dica numero um é bem importante.

 

Esteja preparado, preveja o futuro.

Quando se tem uma empresa nas mãos, não é só dar show não meu parceiro, tem que pensar sempre no seguinte “E se der merda? Como faz? Corro para onde?”.

Esteja sempre que possível um passo a frente do destino, se algo pode dar errado, pode apostar que dará e você tem que saber pra onde vai correr.

Faça suposições, ensaios de crise, tenha ações planejadas para quando algo de errado ocorrer, pois faz toda a diferença e todo sentido com a nossa segunda dica.

 

Corra!

Isso mesmo bicho, corre!

Calma, não corre pra casa não coleguinha, corre pra batalha! Agilidade é tudo nessas horas, ser rápido é um fator importantíssimo desde que pensado com cuidado, por isso é bom estar preparado.

Agir de maneira rápida mostra que a sua marca está preparada e sabe bem o que fazer nas crises, seja para responder uma crítica, esclarecer um mal-entendido ou reconhecer o seu erro.

 

Eu sou um vacilão.

É como diz aquele provérbio contemporâneo “aceita que dói menos”.

Você não é um robô? A sua empresa não feita por robôs? Então a natureza chama e estão todos sujeitos a cometer uma bela de uma “cagada”, todo mundo faz, alguns três vezes ao dia, outros são mais tímidos, outros só pensam, outros falam, mas independente de tudo, todos cometem erros e o diferencial de um vacilão normal e um vacilão preparado é que, você e eu, vacilões preparados, chamam a responsa e assumem seus erros, e é aí que nós chegamos ns hora de pedir perdão.

Perdoa amor, perdoa amor, perdoa e volta pra mim…

Não é feio pedir desculpas, feio é não assumir o erro, então se você ou alguém da empresa, um fornecedor ou até mesmo o carteiro errou, você precisa pedir desculpas em nome da sua empresa e acionar um plano de ações já planejado lá na dica #01 ou agora mesmo, em casos onde não é possível prever a crise, um pedido de desculpas oficial nas mesmas mídias onde a crise foi gerada já serve!

 

Transparência é a moda do verão.

Entregar o ‘zap’ aberto nas mãos do mozão é difícil né? Mas é preciso.

Em casos de crise ser transparente é fundamental, abre o jogo!

É melhor varrer toda sujeira de uma vez do que esconder de baixo do tapete e correr o risco de ter outra crise, isso gera grandes danos a imagem da sua marca.

 

Eu mudei!

Mais que reconhecer um erro, repará-lo.

Neste plano de ações perante a crise é preciso reparar de imediato todos os lesados, com bonificações, custeio de perdas e todo tipo de reparação, logo depois devem ser reparados os erros que deram origem a crise para que nada se repita, afim de convencer os consumidores que a empresa está preparada para não falhar novamente.

Vem de zap.

Toda empresa precisa de um cantinho do desabafo onde o consumidor pode fazer críticas e sugestões, e se estiver no caminho certo, elogios, tudo prontamente analisado e respondido. É desafiador, mas é um grande termômetro da marca para saber como as coisas vão e como evitar as crises.

 

Falem bem ou falem mal, falem de nós.

Sabe como é, depois da tempestade logo vem a calmaria, então prepare sua prancha para surfar na ressaca da crise. Fortaleça durante e após a crise seus pontos fortes, com bom senso, é claro, para aproveitar positivamente a repercussão em que a empresa foi envolvida.

E é isso aí galerinha, esperamos que tenham aproveitado nossas dicas, qualquer dúvida é só chegar aqui na Rua Santos Dumont, 1487 que a gente faz um cafezão e bate um papo.

Até mais, um beijo dos gordinhos!

Camarguinho
Paloma