Churrasco, bom chimarrão, fandango, trago e mulher…

Jun 23, 2015 By Junior About Creativity

O churrasco tornou-se um dos principais representantes da culinária brasileira mundo afora. Essa paixão nacional está associada a uma série de elementos, como a música gaúcha.

É disso que o velho gosta

Na #adenauer 171, conversamos sobre uma paixão nacional. O famoso Churrasco.

Separamos 6 passos para um churrasco dos bons:

 

1- Trilha Sonora (clássicos são sempre Clássicos). É importante uma música para você já incorporar um perfil mais ‘campeiro’.

Sugestão: Berenice Azambuja – É disso que o velho gosta

 

 

2- Acender o fogo, nesse ponto deixe o ‘camperismo’ de lado e faça um vulcão com o carvão e coloque um acendedor no meio, é só voltar em uns 7 min que o fogo esta lá, parece magia! Nessa fase é permitido usar toda a tecnologia possível. Afinal evoluímos não?!

 

3- Faça com carvão e brasa numa churrasqueira ou algo que perto disso… Fazer em qualquer outra dispositivo elétrico ou que simule uma churrasqueira, não vai ter o mesmo sabor.

 

 

 

A humanidade evoluiu mas ainda não inventou forma melhor de preparar um bom churrasco do que a brasa. O calor que ela irradia de forma irregular e o fato da gordura escorrer e ‘pingar’ na brasa volta com um fumaça aromática espetacular que, nada, nada no mundo é capaz de reproduzir.

Não queira ser um ‘mago da cozinha’ (aquele chatão do fantástico que estraga as comidas) e usa equipamentos elétricos ou a gás para simular uma coisa que é muito mais fácil fazer a versão original.

 

4- Escolha bem sua carne (ou brócolis para os vegetarianos). Não vá assar uma ‘havaianas’, não ofenda seus ancestrais. Escolha uma carne de 2 dedos de altura no mínimo.

Experimente o bife de chorizo ou ancho Angus (coisa jóia).

 

OP3A1164

*Foto por Laertes Soares / Açougue Gourmet Da Fazenda.

 

5- Prepare uma farofinha ou um pão de alho para acompanhar.

 

6- Chame os amigos. Antropólogos afirmam que o ‘acidente’ de um antepassado nosso ter derrubado uma carne em uma fogueira foi o que moveu a humanidade para evolução. Assando os alimentos o homem poupou muitas das horas de digestão antes necessárias. Isso nos deixou com tempo livre para ‘pensar’ e assim conseguir caçar mais e evoluir. Ou seja o Churrasco é o que nos diferenciou dos outros animais 😉

 

Não façam guerra, façam churrasco.

Junior