MIGRANDO DO OFFLINE PARA O ONLINE

01 de abril de 2021 Por Paloma Costa Sobre Ade

Se deseja abrir as portas do seu negócio para o futuro precisa aceitar as novas formas de consumo e se adaptar às mudanças do mercado. Há alguns anos, empresas que davam boas-vindas à tecnologia e investiam no online eram consideradas exceções, atualmente são a regra. Afinal, nunca foi tão essencial fortalecer a presença na internet quanto é agora.

A Associação Brasileira de Comércio Eletrônico, (Abcomm), indica que, atualmente, o Brasil é o país onde mais pessoas investem em compras no comércio eletrônico em toda a América Latina. Então, não investir em estratégias de crescimento nesse meio é perder oportunidades.

 

Mas, afinal, por que investir no online?

Uma presença online consolidada pode trazer a visibilidade que precisa para enfrentar momentos de crise. Esse é o local mais fácil e barato de alcançar o seu público, podendo segmentar quem vê sua publicidade e atingir somente aquele que terá interesse.

Seja para migrar definitivamente ou apenas expandir o mercado, se preparar para o futuro é garantir que o pai tá on (ou, nesse caso, que o seu negócio está).

 

Como começar essa jornada?

Chamamos de jornada comparando à jornada do herói, que inicia de um local de estabilidade, enfrenta desafios e chega ao ponto final fortalecido e com novos conhecimentos. No caso do empreendedor, a estabilidade é o mundo offline, os desafios, a dificuldade de aprender e o ponto final é o crescimento do negócio.

Estude o mercado que está inserido

Estudar nunca é demais para quem empreende e conhecer o mercado certifica que identifique as possibilidades disponíveis.

Se conhece os problemas que irá resolver, as demandas e o comportamento do consumidor, fica fácil nortear a criatividade antes mesmo da crise. Então, dê atenção ao seu concorrente, saber o que ele está fazendo te mostra para onde seguir e o que evitar, ou melhor, para aonde ir para fazer diferente.

Se planejar direito todo mundo cresce

Um planejamento de marketing adequado consegue trazer destaque online, onde há espaço para todos os tipos de negócios.

Para iniciar, estabeleça objetivos, como aumentar as vendas, entrar em uma nova área, conhecer o público, firmar o relacionamento, etc. As opções são muitas e indicam os primeiros passos de sua estratégia de marketing, para isso, precisará de uma persona.

A estratégia relaciona onde sua empresa deve estar, quais plataformas fazem parte do trabalho e o público-alvo. Já a persona especifica, através de uma ideia semifictícia, seus clientes, determinando idade, local, preferências e possíveis hobbies.

Sua empresa terá redes sociais? E site próprio?

Ambos são indispensáveis! Não existe estratégia online sem redes sociais e site. Essas são as formas concretas de fortalecer o relacionamento com os clientes e melhorar o posicionamento na internet.

Ser estratégico sempre!

Depois, o ideal é que opte por uma modalidade de marketing específica para o que deseja. Entretanto, elas não são exclusivas e únicas, tudo bem utilizar mais de uma ao mesmo tempo.

Inbound Marketing considera a criação de conteúdo de valor, fortalecendo o relacionamento com seu público, colocando a marca em destaque e bem posicionada nos motores de busca. Já o Outbound Marketig inclui as ads que nos levam de forma direta até uma página.

Não esqueça, vai precisar vender

Escolher a forma ideal de fazer transações é uma decisão para ser feita antes de iniciar. Lembre-se que a plataforma deve ser confiável e oferecer suporte para que apresente seu produto com praticidade.

Dentre as opções, o e-commerce é o mais profissional. Já os marketplaces são práticos e, de acordo com a Abcomm, os que mais cresceram no último ano, com cerca de 78% do faturamento dos e-commerces.

Portanto, se pretende utilizar o online para aumentar as vendas, garanta que seus clientes têm como adquirir seus produtos sem sair de casa.

 

E aí, o pai tá on ou tá off?

Se você já migrou, fala pra gente, qual foi o momento chave que te fez tomar essa decisão e, se ainda não, tá esperando o quê? Venha tomar um café e vamos conversar!

Paloma Costa