Elon Musk: o Tony Stark da vida real.

13 de março de 2018 Por Armando e Filipe Sobre Empreendedorismo

De nerdzinho isolado pra bilionário descolado (segura essa rima). Saiba mais da trajetória de um dos mais excêntricos (pra não dizer doido) empresários da tecnologia da atualidade!

Elon Musk: onde vive, o que come, sexta no glob...OPA!

Hoje, conhecido por suas façanhas todas, Elon Musk nem sempre teve uma vida de excentricidades e ideias inovadoras correndo pelo mundo.

Nascido em 71, em Pretória na África do Sul, Elon Musk era uma criança extremamente introvertida, que adorava brincar com eletrônicos e videogames. Na escola sofria muito bullying e apanhava de seus colegas. (Não pratiquem bullying crianças, sejam todos amigos!)

Com 12 anos, desenvolveu um jogo simples, chamado “Blastar”, e o vendeu pra uma revista de computadores da época por 500 dólares (que na época era uma baita grana!). Hoje, diz que o jogo “era bem ruinzinho, mas já era melhor que Flappy Bird”.

BLASTAR NA VEIA, FLAPPY BIRD NA CADEIA

Quando terminou a escola, veio pras Américas pra fazer faculdade, onde se formou em Física e Economia. Nesse meio tempo, seu lado empresário já estava na ativa: Elon alugava uma casa de república no campus da universidade e a transformou em uma balada!

Com seus diplomas na mão, começou seu doutorado, mas abandonou 2 dias depois pra investir na internet. Foi ser youtuber. Brinks (nada contra).

Com um investimento inicial de U$28,000 que conseguiu de seu pai, fundou com seu irmão Kimbal uma empresa de serviços online chamada Zip2, que futuramente foi comprada por 341 milhões de doletas, faturando pra Elon, 22mi! Ka-ching!

Daí pra frente, só sucesso (ou quase [SPOILERS]).

Elon investiu U$10 milhões (ou aprox. 0,22 salários do Neymar) e fundou a X que juntou jovens mutantes com poderes especiais e formou os X-men. que fornecia serviços bancários online, e que logo se juntou com uma outra do ramo e juntas formaram o PayPal.

Como na época fazer pagamentos pela internet era um negócio tão mágico quanto o Mister M, o PayPal decolou, sendo Elon seu CEO. Mas, depois de alguns meses, por uma treta monstra com a diretoria, Elon ficou sabendo que foi demitido no momento em que pisou no avião pra tirar férias.

vc esta de-me-tido

Mas o jogo virou! O PayPal foi vendido pro eBay por 1,5 bilhões, e nessa brincadeira, Elon faturou 165 milhões de doletas!

 

Como era ligadão em ficção científica, Elon tinha o sonho de mandar coisas pra Marte. Tentou negociar uns mísseis soviéticos pra fazer um foguete, mas não rolou. Então como é um cara determinado, decidiu construir seus próprios foguetes, e aí fundou a Space Exploration Technologies, mais conhecida como SpaceX.

Depois de alguns anos de tentativas, falhas, explosões, etc., hoje consegue enviar seus foguetes Falcon pro espaço. O último lançamento foi extremamente popular na internê, pois além de mandar o foguete, Elon largou um CARRO no espaço. Sim, um CARRO. E ainda fez streaming! Olha aí!

teria a ciência ido longe demais??????

O Tesla Roadster tá por aí, vagando no espaço com um astronauta marrentaço no volante e tocando David Bowie – Space Oddity no som pela eternidade (ou até a bateria acabar).

Enquanto mandava coisas pro espaço, também investia em coisas aqui na terra, e a dessa vez foi a Tesla Motors, uma fabricante de carros 100% elétricos. De cara, a empresa não vingava muito, tanto que chegou a levar Elon à falência, mas depois de diversas reviravoltas, hoje a Tesla é uma das maiores empresas do mundo, fabricando carros elétricos, estilosos e extremamente inteligentes. Tão inteligentes que se dirigem sozinhos e até preveem acidentes. Literalmente. Sente a tensão:

 

Além da Tesla Motors, Elon fundou também a Tesla Semi, um ramo da fabricante que produz caminhões autônomos elétricos, que irão rodar os Estados Unidos fazendo transportes SEM NINGUEM DIRIGINDO!

 

Além das empreitadas tecnológicas e moderninhas, Elon também gosta de METER O LOKO. Por exemplo: lançou um produto chamado “NÃO É UM LANÇA CHAMAS” (claramente um lança-chamas) e vendeu 20 mil unidades em 5 dias.

 

tá pegando fogo bicho

Todas essas suas empreitadas geniais e outras como construir túneis subterrâneos gigantes, ou empresas que estudam como evitar que os computadores dominem o mundo, tornaram Elon um ícone de genialidade. Tanto que serviu de inspiração pra Robert Downey Jr. interpretar o Homem de Ferro nos cinemas, inclusive até deu uma palinha em Homem de Ferro 2!

 

E se você é como o Elon, cheio de ideias e precisa de uma forcinha pra anunciar elas pro mundo, deixa com a gente! Estamos na Rua Santos Dumont, 1487, venha bater um papo e tomar um café!

Armando
Filipe